[ Entenda ] O que fazer quando o WordPress está lento ? Otimização e Performance

Facebook
Twitter
Tumblr
WhatsApp

 

WordPress lento e sem performance, o que fazer?

Problemas de velocidade e lentidão em sites WordPress são bastante comuns. Inicialmente todo aquele ambiente fluído e leve acaba ficando pesado, as paginas demoram um pouco mais para carregar e tudo isso te irrita.

Sempre que realizo este tipo de serviço, acabo realizando alguns passos preliminares para que eu descubra as possíveis respostas da lentidão.

Antes de qualquer coisa realize um backup do seu site (arquivos e banco de dados), explico como realizar um backup bem rápido no seu WordPress no artigo Backups com All In One WP.

Bom, a primeira coisa que faço quando estou querendo resolver um problema de lentidão no WordPress, se baseia em analisar a hospedagem!

Se você utiliza o cPanel, o seu provedor de hospedagem pode limitar bastante coisa. Como se trata de um ambiente com centenas de clientes, sempre existirá essa limitação.

Conforme seu site vá tendo bastante acessos, Plugins, imagens, demandas; automaticamente mais processamento ele irá “solicitar” ao servidor, no cPanel você terá uma cota de processamento (RAM, PHP, DISCO e até TRÁFEGO), chegando ao limite algumas empresas até colocam seu site OFF!

Geralmente no lado direito ou esquerdo você verá uma guia com diversas informações. Então começo verificando no cPanel as seguintes informações:

  • Info 01: Uso do Disco
  • Info 02: Largura de Banda
  • Info 03: Inodes
  • Info 04: Processos
  • Info 05: CPU
  • Info 06: Uso de Memória

E verifico como está o uso, se está no limite, ou se está tranquilo. Sei que bastante provedor não informa o uso de Inodes, Processos, CPU, Memória. Sei também que a Hostgator e a Hostinger te mostra tudo isso.

Em meio a este cenário, você terá que analisar se a hospedagem está sem recursos. Se já tiver sem recursos, pense em um upgrade, outro plano ou até mesmo partir para um servidor VPS.

Mas se sua hospedagem estiver tranquila, então agora terá que analisar o WordPress.

Dicas: Otimizando WordPress

O WordPress é, a melhor plataforma hoje em dia para quase tudo! Porém creio que já percebeu que deve se preocupar com a questão da otimização, performance e velocidade. O Google usa bastante critérios para indexar e posicionar melhor os sites que possuem boa performance.

Para reduzir o uso de recursos da sua hospedagem e de tabela deixar seu WordPress otimizado você deve realizar algumas tarefas importantes.

Certa vez em 10 minutos resolvi o problema do cliente, na página inicial tinha 15 imagens que o designer do cara entregou, cada uma em torno de 8MB.

Então o site demorava alguns minutos para abrir no computador dos visitantes, quase 120MB só de imagens na página inicial, loucura não? rs.

Vou parar de enrolar e colocar aqui tudo o que precisa fazer para melhorar a velocidade do WordPress:

Otimizando Imagem

Antes de qualquer coisa saiba que quando otimizamos as imagens, automaticamente diminuímos o tamanho da mesma, como também perderá um pouco de qualidade. Você pode realizar isso através de duas formas: manual e automática.

Otimizando Imagens Manualmente

Na minha opinião o melhor site para otimizar as imagens de forma manual é o ezgif. Ele aceita diversos formatos e até corta as imagens caso queira.

https://ezgif.com/

Otimizando Imagens Automaticamente (Plugins)

De forma manualmente temos os plugins, alguns são gratuitos e outros pagos. Se você puder pagar, pague! Pois terá todo um suporte e qualidade em um produto. Os plugins que recomendo em suas versões grátis e premium são:

Imagify – Otimizador de imagens

EWWW Image Optimizer

Autoptimize

Esses três são os melhores na minha opinião. Realize a otimização e veja se melhorou o a velocidade do seu WordPress.

Antes de utilizar faça um backup completo em seu site!

 

Atualizando Plugins

Atualize todos os Plugins que puder em sua instalação WordPress. Mas antes disso, realize um backup! Alguns Plugins após atualizados podem deixar o site OFF ou deixa-lo funcionando de forma estranha.

 

Utilizando o Cache no WordPress

Existe diversos Plugins e soluções no mercado, vou citar algumas gratuitas e também as pagas. Se você é dono de um e-commerce e/ou site corporativo, você deve sempre priorizar soluções pagas, pois toda a reputação do seu negócio está em jogo. Lembrem: Realize um backup completo!

Os melhores Plugins para Cache no WordPress são:

WP Rocket

O WP Rocket é o melhor Plugin de cache que existe para WordPress. É um plugin Premium, você deve pagar por ele. Mas é o mais completo que existe em termos de abrangência e qualidade no que faz.

Ele realiza o cache da página, compressão GZIP, cache no browser, otimiza o banco de dados, realiza a otimização e minificação do HTML, JAVASCRIPT e CSS e muito mais. A configuração é super simples, só de ativa-lo muita coisa já muda.

https://wp-rocket.me/

 

Agora vou apresentar todos os gratuitos aqui. Basicamente todos fazem o cache e otimiza minimamente seu site. Não abordam todos os aspectos como o Wp Rocket, porém para vários projetos são mais do que suficientes.

WP Super Cache

W3 Total Cache

WP Fastest Cache

Utilizando CDN

CDN basicamente é uma rede de centenas de servidores que armazenam cópias do conteúdo de sites e depois entrega aos visitantes, baseando pela localização do visitante. Isso faz com que o visitante abra um site de uma forma muito rápida. Existem diversas soluções no mercado, algumas gratuitas e outras corporativas.

Solução Gratuita

O CloudFlare possui um plano gratuito e é muito bom! Utilizamos muito no dia a dia pois é o mais popular do mercado.

https://www.cloudflare.com/

 

Soluções Pagas

Existem diversas soluções, e você deverá analisar o nível e maturidade do seu projeto. As que recomendo são:

https://cloud.google.com/cdn/?hl=pt-br

https://aws.amazon.com/pt/cloudfront/?nc2=h_m1

 

FIM

Bom, abordei de forma simples o que faço para realizar a otimização e resolver alguns problemas de velocidade nos projetos que acabo realizando consultoria. Sei que muitos casos é bastante complexo, e vai exigir um nível maior na solução do problema, como coloca-lo em um servidor otimizado para WordPress.

Mas pelo menos 80% dos projetos de pequeno porte em WordPress, somente com o que citei aqui dá pra resolver. 

Optei por não abordar assuntos técnicos, o passo a passo da coisa, pois você pode pesquisar no próprio YouTube os assuntos dos tópicos citados aqui. Penso em complementar este artigo com vídeos técnicos, mas seria necessário investir em todas as tecnologias mencionadas para te apresentar os resultados.. Veremos…

Dúvidas? Podem comentar abaixo e/ou entrar em contato comigo. 

Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre Mim

Trabalho desde 2014 com servidores linux com foco em hospedagem e aplicações web. Realizo consultoria para diversas agências web, jornais e e-commerce como também em algumas empresas de hosting brasileiras. 

Canais de Atendimento

Você pode entrar em contato comigo para um orçamento ou suporte através dos meios de contato: 

Mail: [email protected]   WhatsApp: (38)99914-1219

Alex Freelancer 2019 - Todos os Direitos Reservados